top of page
Buscar

XADREZ, CERVEJA PODEM CURAR ALZHEIMER




A indústria farmacêutica vem investindo seriamente em vários medicamentos contra o Alzheimer. Porém, o que a ciência não imaginava é que cerveja e xadrez podem ser as chaves para prevenir a doença.


Os pesquisadores da Universidade de Milano-Bicocca, na Itália, descobriram recentemente que os extratos de flores de lúpulo, um composto presente na bebida, pode ajudar a proteger a função cognitiva, retardando o aparecimento de distúrbios cerebrais.


O lúpulo geralmente atua como agente estabilizador em todas as cervejas. Para o estudo, pesquisadores testaram quatro variedades comuns de extratos de flores de lúpulo para determinar se eles ajudariam a prevenir a aglomeração de proteínas cerebrais associadas à doença de Alzheimer.


As variedades de lúpulo testadas incluíram Cascade, Saaz, Tettnang e Summit, que os pesquisadores expuseram a proteínas amiloides e células nervosas humanas.


Os resultados revelaram que eles foram capazes de bloquear as proteínas beta amiloides de se aglomerarem em torno das células. Além disso, o lúpulo contém propriedades antioxidantes que se acredita proteger as células do corpo.


Extratos de lúpulo na cerveja também desencadearam um processo de renovação chamado vias autofágicas. É aí que o corpo se decompõe e reutiliza partes de células antigas para aumentar a eficiência.


Tá, mas e o xadrez?


O xadrez entra como tratamento fundamental complementar, fortificando as sinapses e acelerando a cicatrização das células cerebrais, aumentando o vigor, o processo e a eficiência das funções cognitivas.


fonte:

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments