top of page
Buscar

"NOVIDADES" NOS REGULAMENTOS DA FIDE



Recentemente a Fédération Internationale des Échecs (FIDE) publicou algumas alterações para os torneios nos ritmos Standard (STD), Rápido (RAP) e Blitz (BLTZ), alterações também na forma de cálculo de rating, além de modificações na outorga de títulos FIDE. Neste artigo vamos nos ater a esclarecimentos referentes aos torneios, que interessam à comunidade do xadrez mineiro, assim como aos enxadristas de todo o país, incluindo organizadores e árbitros neste universo de arroubo. Vamos também abordar, suscintamente, a questão do cálculo de rating. Ressaltamos, antecipadamente, que tais alterações prevalecem a partir de 1º de janeiro de 2022.

TEMPO DE REFLEXÃO EM TORNEIOS STANDARD (Ritmo Clássico) – De acordo com as alterações indicadas no documento publicado pela FIDE, num torneio no ritmo Standard que tenha ao menos um atleta com rating de 2.400 ou mais, as partidas deverão ser de, no mínimo, 120 minutos por atleta. Significa dizer aqui que seriam partidas com 90 minutos mais 30 segundos de acréscimo desde o primeiro lance, na forma mais comum de realização de torneios.

Já em torneios com atletas de rating 1.800 ou acima, deverão ter um mínimo de 90 minutos por jogador. Na prática, seriam partidas com 60 minutos e acréscimo de 30 segundos desde o primeiro lance.

Porém, em torneios com atletas de rating abaixo de 1.800 de rating será possível disputar as partidas com tempo mínimo de 60 minutos por jogador, o que implica em dizer que os torneios de 30 minutos com 30 segundos de acréscimo poderão ser realizados.

NÚMERO MÁXIMO DE RODADAS NUM MESMO DIA NO RITMO STANDARD – Outra aplicabilidade que surge como mais uma novidade, principalmente para organizadores e árbitros na montagem da programação de um torneio está na quantidade de rodadas possíveis num mesmo dia para os torneios no ritmo standard (clássico). Em partidas com o tempo de reflexão 90 minutos + 30 segundos por lance serão possíveis, no máximo, três rodadas num mesmo dia.

É certo que avaliando sob o prisma do atleta, três rodadas neste ritmo (90+30), num mesmo dia, são bastante extenuantes.

TORNEIOS NO RITMO RÁPIDO – De acordo com documento divulgado pela FIDE, são considerados torneios no ritmo rápido (RPD) aqueles que tenham duração de tempo fixo acima de dez minutos e abaixo de sessenta.

Então, partidas, por exemplo, de 59 minutos KO estão classificadas como rápidas. Outros tempos de reflexão que se encaixam no ritmo rápido (minutos e segundos, respectivamente): 5+8; 10+5; 15+5; 15+10; 15+30; 20+5; 20+10 etc, desde que a soma dos dois números não alcance 60.

NÚMERO MÁXIMO DE RODADAS NUM MESMO DIA NO RITMO RÁPIDO – Para torneios no ritmo rápido serão possíveis, num mesmo dia, até 15 rodadas.

TORNEIOS NO RITMO BLITZ – A FIDE fixou que as partidas com duração de tempo fixo acima de três minutos e inferior a dez minutos serão classificados como Blitz.

Vamos exemplificar (minutos e segundos, respectivamente): 3+2; 5+3; 5+5, são os mais comuns.

NÚMERO MÁXIMO DE RODADAS NUM MESMO DIA NO RITMO BLITZ – Neste caso o limite imposto pela FIDE é de, no máximo, 30 rodadas num mesmo dia.

CÁLCULO DE RATING – Quando um atleta ainda não ranqueado disputar uma partida contra outro atleta já ranqueado será contabilizado para efeito de rating inicial. Antes de esclarecer e exemplificar, vamos deixar claro que o atleta ranqueado não terá variação de rating quando jogar contra atleta não ranqueado. Independente do resultado, seu rating não sofre variação ao disputar partidas em torneios contra atletas sem formação de rating até então.

Mas como é calculado o rating inicial FIDE de um atleta? Numa explicação bastante simples, é extraída uma média de rating dos cinco primeiros atletas (valem as cinco primeiras partidas contra atletas já ranqueados), oscilando para mais ou para menos em caso de vitória ou derrota, respectivamente. Registre-se que é possível que o atleta não alcance as cinco partidas disputadas contra atletas ranqueados num único torneio. Neste caso, dentro do prazo de 26 meses, a FIDE contabiliza as partidas realizadas dentro deste período. Porém, se não alcançar rating inicial disputando ao menos cinco partidas no período de 26 meses, novamente seu cálculo é “zerado”, iniciando um novo ciclo.

RATING INFERIOR A 1.000 – Alguns atletas nos perguntam a respeito de rating e logo vão dizendo que ainda não jogam bem e terão rating abaixo de 1.000. Esclarecemos que tal situação não é possível. Atingindo uma performance inferior a 1.000 pontos de rating o atleta não será ranqueado e aparecerá na lista mensal da FIDE como “não ranqueado” e começará um novo processo de ranqueamento partindo do “zero”.

ATLETA INATIVO – Para efeito da FIDE, o atleta que não disputar nenhum torneio valendo rating no período de um ano será considerado Inativo. No entanto, voltando a disputar torneios, logo na listagem mensal seguinte, o atleta já retorna à listagem dos ativos, sem alteração no seu rating já conquistado, exceto no que se refere à sua performance no torneio que marcou seu retorno aos tabuleiros após o período de inatividade.


Fonte: https://www.fide.com/news/1438 e https://fmx.org.br/2021/12/26/fide-apresenta-novidades-para-2022/


68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários