top of page
Buscar

CHÊ, O COMANDANTE, E O XADREZ… – Por Paulo Madeiro

O desafio com Miguel Najdorf, Havana, em 1962

 Chê Guevara, aprendeu a jogar XADREZ com o seu pai.Começou a participar de torneios a partir de 12 anos.Em Cuba(1959), como funcionário do estado cubano, foi um dos grandes entusiastas do xadrez na ilha.Reconhecia a qualidade do jogo em incentivar o intelecto e a estratégia, reconhecendo sua importância para o desenvolvimento do ser humano.O comandante teve vários triunfos em campeonatos nacionais e internacionais.Jogou partidas contra vários dos melhores enxadristas da época, como o soviético VICTOR KORCHHONOI e venceu o mestre nacional cubano ROGELIO ORTEGA. Hoje, em Cuba, 10 títulos de grandes mestres, mais de 30 títulos de mestre internacional. CHÊ GUEVARA, deu ao XADREZ fundamentação política.Segundo ele, ” O xadrez é um passatempo,mas também,um educador do raciocínio, e os países que têm grandes equipes xadrezísticas, estão à cabeça do mundo em outras esferas ainda mais importantes.”Para os cubanos, foi fundamental o trabalho do Chê no fortalecimento e massificação da MODALIDADE XADREZ na ilha.


Gentilmente cedido por Paulo Madeiro no seu blog 

0 visualização0 comentário

Comments